5 fatos sobre a troca de óleo do caminhão

Troca de óleo de caminhão

Um assunto muito importante que todo profissional da estrada precisa saber e conhecer é sobre a troca de óleo do caminhão. O óleo em bom estado e trocado sempre na quilometragem ideal ajuda o seu veículo a seguir mais tempo sem problemas.

Quando o óleo não é trocado ou quando está com nível baixo e o caminhoneiro não se atenta a isso, podem haver sérios problemas no funcionamento do bruto, fazendo até mesmo com que peças importantes se deteriorem.

Se você quer saber então esses 5 fatos sobre a troca de óleo do caminhão, então acompanhe agora as informações que trouxemos abaixo e confira tudo sobre o tema.

O filtro de óleo não precisa ser reposto a cada troca de óleo do caminhão

Apesar de muitas pessoas acharem que é sim preciso trocar o filtro de óleo cada vez que se faz uma troca, saiba então que isso não é verdade. O filtro tem uma vida útil um pouco maior, e pode durar mais do que apenas uma troca de óleo.

Isso não significa, no entanto, que você poderá deixar o mesmo filtro de óleo por muito tempo, já que ele ficará sujo e não conseguirá mais reter as impurezas.

Porém, você pode optar por realizar a troca de forma intercalada, ou seja, a cada duas trocas de óleo você troca também o filtro.

O motor deve estar quente na hora de trocar o óleo e frio para verificar o nível

Isso não é uma regra, mas facilita bastante. Quanto o motor está aquecido, o óleo escorre com mais facilidade. Com isso, se torna mais fácil que você consiga escoar o óleo de forma mais rápida.

Isso facilita então as trocas e as torna mais rápidas. Porém, nada impede que você troque o óleo do caminhão com o motor frio.

Já em relação a verificação de nível, é muito melhor fazê-la com o motor frio, já que você poderá fazer uma verificação mais precisa e sem o risco de se queimar.

Use sempre óleo compatível para completar o nível do óleo

Apesar de alguns acharem que é preciso usar sempre a mesma marca de óleo para completar o nível, saiba que não é bem assim. O óleo precisa ser compatível, mesmo que de marca diferente.

Na verdade, o que você deve observar é se a viscosidade é a mesma e se eles têm as mesmas especificações. Se forem as mesmas, pode usar para completar sem medo.

Óleo escuro indica sujeiras no motor do caminhão

O óleo quando fica preto indica que realmente cumpriu o seu papel dentro do motor de caminhão. Ele retirou as impurezas e sujeiras do motor, fazendo assim com que mantivesse o bom funcionamento do mesmo.

Com isso, o óleo saindo escuro não significa que é de má qualidade, mas sim que ele realizou a tarefa para a qual serve, que é manter seu motor seguro e em bom funcionamento.

É bom conhecer os tipos de óleo

Sem dúvidas é muito importante que você conheça os tipos de óleo de motor, que podem ser sintéticos, semi-sintéticos, ou minerais.

Isso é um dado importante, já que eles têm tempos de troca diferentes e servem para situações específicas.

Sendo assim, cada caminhão poderá ter um tipo mais correto de óleo para se usar. Para saber, verifique sempre as especificações dadas pelo fabricante do veículo.

Agora que você sabe mais a respeito da troca de óleo do caminhão, então continue cuidando do seu veículo sempre com produtos e peças de qualidade para garantir o bom funcionamento e evitar custos extras que você não imaginou. Boa viagem!

Leia também: Saiba quais são as ferramentas que todo caminhoneiro deve ter à mão numa viagem

Siga nosso Instagram: @copege.pecas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima