Como identificar a hora de trocar o óleo do caminhão

Trocar o óleo do caminhão

Assim como nos veículos menores, é fundamental observar quando é a hora de trocar o óleo do caminhão. Acontece que muitas pessoas não sabem quando é esse momento e se você também tem dúvidas, veja abaixo como identificar essa hora.

Separamos algumas dicas que vão te nortear e sanar suas dúvidas em relação ao tempo necessário da sua troca de óleo.

Veja por que é necessário trocar o óleo do caminhão

A troca de óleo de maneira preventiva como manutenção é de extrema importância para a conservação de veículos. A ausência dessa verificação e troca pode contribuir para problemas futuros nele.

Muitos caminhões carregam cargas grandes e pesadas. Se o seu está enquadrado nesse perfil, é necessário não só para você, mas para a segurança de todos fazer a manutenção preventiva dele.

Além disso, o óleo tem papel de extrema importância no motor. Ele é ótimo para auxiliar a lubrificar o movimento das peças do motor. Sua principal tarefa é diminuir o desgaste delas.

É importante também que você não faça essa troca sozinho, pois existem profissionais competentes para realizá-las. Uma troca feita de maneira errada pode prejudicar todo o andamento de outras peças.

Se você conseguir, faça essa manutenção junto as concessionárias fabricantes desse veículo em específico, pois elas sabem exatamente qual óleo colocar e onde ele será colocado.

Quanto tempo é o ideal para realizar a troca do óleo do motor?

O tempo de troca de óleo em relação a um caminhão para outro vai depender diretamente da quantidade que ele roda, bem como, do seu estado de conservação. Esses fatores podem interferir diretamente no seu tempo útil.

Vale ressaltar que é importante analisar qual o período de tempo que o caminhão a percorre, qual a potência que ele usa.

Algumas pessoas que são especialistas em mecânica estipula um prazo de 5 ou 10 Mil km rodados. No entanto, o ideal é analisar o que o fabricante recomenda.

Deve-se notar que essas recomendações são baseadas na operação normal do caminhão. No entanto, pode haver circunstâncias em que seja necessário substituir este item antes do prazo pré-determinado. Este fato está relacionado a possíveis problemas no motor. Portanto, preste sempre atenção às condições de funcionamento do veículo. Ruído excessivo ou ruído pode sinalizar um problema no sistema de lubrificação.

Ao fazer a manutenção preventiva, verifique se não há vazamentos ou o entupimento dos canais do circuito. Caso o nível do óleo esteja baixando rapidamente, podem existir problemas ligados a defeitos em peças como o cárter ou até o mau funcionamento do motor. Ao constatar alguma avaria, faça a reparação o quanto antes, pois o problema pode ficar ainda maior com o desgaste e fundição das peças internas devido à ineficiência de lubrificação.

Com base nessas informações que selecionamos para você sobre a melhor maneira de realizar a troca do óleo do motor, a facilidade e praticidade que você terá para fazer essa troca será incrível, já que essas dúvidas já estarão sanadas.

Não esqueça que é primordial prezar pela segurança no seu veículo. As pequenas partes dele importam e precisam de todo o apoio e suporte na hora de fazer a manutenção.

Não deixe para realizar manutenções apenas emergenciais. Verifique com antecedência o tempo de troca de cada peça, óleo ou outro tipo de produto que o seu caminhão precisa.

Geralmente esse tipo de veículo que carrega grandes cargas e pesadas que podem ser muito prejudicados com o passar do tempo devido à sobrecarga de peso.

Faça manutenções frequentes com profissionais competentes e não esqueça de trocar o óleo do caminhão. Mesmo que seja um pouco mais custoso, invista nisso para evitar transtornos futuros ou acidentes.

Leia também: Como escolher a lona de caminhão

Siga nosso Instagram: @copege.pecas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima